11 Dicas para fazer as malas como um profissional

11 Dicas para fazer as malas como um profissional | Hotel Castelar

Fazer as malas pode ser a parte mais estressante de uma viagem, se conduzida de forma inadequada. Não só é estressante, mas também pode virar um desperdício de tempo.

Para que você possa se concentrar na parte boa da sua viagem, selecionamos 11 dicas para fazer as malas como um profissional.

Escolha a mala certa para o tipo de viagem

Escolher a mala certa para o tipo de viagem que você irá fazer pode fazer toda a diferença. Seja uma escapada de fim de semana ou uma aventura de volta ao mundo, aqui estão algumas dicas para ajudar a decidir qual é o melhor estilo para você.

As malas vêm em muitos formatos e tamanhos. Mesmo dentro de cada tipo, há muitos estilos diferentes disponíveis que poderiam se adequar melhor às suas necessidades de viagem.

Uma mala pode parecer algo simples de se escolher, mas com tantos fatores e escolhas diferentes, pode ser difícil saber o que funcionará melhor para você e suas necessidades de viagem.

Aqui estão alguns fatores a serem considerados ao escolher a mala que será perfeita para sua próxima viagem:

Tamanho: As malas vêm em uma grande variedade de tamanhos. O tamanho que você escolhe depende em grande parte do tempo que você planeja ficar longe de casa e de quantas coisas você precisa levar consigo.

Via de regra, quanto maior a duração da viagem, maior deverá ser o tamanho da mala. Ao escolher uma mala, certifique-se de que ela não seja muito grande ou muito pequena para sua viagem.

É importante lembrar que a maioria das companhias aéreas tem um limite de tamanho máximo para bagagem de mão.

Formato: Uma mala de concha dura protegerá seus pertences de serem esmagados ou amassados por outros itens pesados no porão de carga. As malas de concha macia são mais leves, mas não oferecerão tanta proteção se forem atiradas durante o transporte.

Se você escolher uma mala macia, opte por uma com uma base dura para que ela possa ficar de pé sozinha sem cair – isto facilitará a arrumação e evitará qualquer tensão sobre o tecido.

Faça uma lista de itens com antecedência para não se esquecer de nada

Se você começar a criar sua lista de itens com antecedência – preferencialmente uma ou duas semanas antes de sua viagem – será muito mais fácil garantir que você não irá esquecer nada de importante. Além disso, há uma certa satisfação em riscar itens de sua lista à medida que você os coloca na mala.

Aproveite a tecnologia e use um aplicativo em vez de um bloco de notas.

Por exemplo, o aplicativo PackPoint funciona com iOS ou Android e permite que você crie uma lista de embalagem personalizada com base na duração de sua viagem, para onde você vai, como vai estar o tempo, quais atividades estão planejadas e se você está ou não viajando com crianças.

Faça a sua lista e verifique duas vezes. A primeira coisa a fazer é fazer uma lista de tudo o que você acha que vai precisar para a viagem. Em seguida, revise a lista novamente, de preferência em discussão com seu parceiro de viagem. Quando estiver satisfeito que a lista esteja completa, dê mais uma olhada para ter certeza de que nada foi esquecido.

Alivie sua carga levando menos sapatos

Um dos maiores culpados pelo excesso de peso é a inclusão de mais sapatos do que você precisa.

Então, incluir menos sapatos pode fazer uma grande diferença no peso total de sua bagagem. No entanto, você não quer economizar em calçados. Você precisa dos sapatos certos para qualquer ocasião que possa surgir em sua viagem.

Aqui vão algumas dicas para levar menos sapatos:

Escolha um sapato primário. Escolha um par de sapatos que possa servir como uma opção multiuso para a maioria das atividades e trajes que você planejou. Este provavelmente será um sapato de ponta fechada, já que é mais versátil do que sandálias. Por exemplo, se você estiver planejando fazer muitas caminhadas ou caminhadas, use tênis ou tênis atlético no avião e arrume outro tipo de sapato para trocar quando chegar ao seu destino.

Pense em conforto e ajuste. É importante encontrar sapatos confortáveis com bom suporte, especialmente se você for fazer muitas caminhadas.

Obtenha múltiplos usos de um par de sapatos. Use sandálias no avião e na praia, depois troque para tênis se planeja andar de bicicleta ou caminhar mais tarde no dia.

Não dobre, enrole!

Definitivamente, fazer as malas é uma arte.

Você quer maximizar a quantidade de coisas que cabe sem excesso de peso, e também quer ter certeza de que os itens que você traz estão protegidos.

Um erro comum que muitas pessoas cometem é dobrar as roupas quando fazem as malas para uma viagem. Isto tende a amassar as roupas e criar mais espaço do que o necessário entre os itens, o que pode levar à mudança do conteúdo de sua bagagem.

Em vez disso, enrole suas roupas em pacotes apertados que ocupam muito menos espaço e permitem que você inclua mais itens em sua mala.

Enrolar também pode ajudar a evitar vincos nas roupas, especialmente se você estiver trazendo camisas, jeans ou calças que se enrugam facilmente.

Elimine a necessidade de passar, levando roupas feitas de tecidos de fácil manutenção

Para evitar chegar ao seu destino de férias parecendo que você dormiu em cima da mala, embale roupas feitas de tecidos fáceis de cuidar e siga estas dicas úteis de combate às rugas:

Lave sem água. Se você estiver viajando com uma roupa que nunca foi usada antes e não está enrugada, use-a em seu voo para que você não tenha que colocá-la na mala.

Vapor ou spray de água para afastar as rugas. Se você precisar dobrar a peça de roupa, invista em um vaporizador de viagem ou um borrifador.

Inclua roupas feitas de tecidos de fácil manutenção, como misturas de poliéster e algodão que não enrugam facilmente.

Meias e roupas íntimas dentro de calçados para maior proteção

Se você estiver viajando com sapatos que você pode encher com coisas, como botas ou Crocs, aproveite este espaço extra guardando meias ou roupas íntimas dentro. Também é uma boa ideia enfiar suéteres nos nas pontas das botas e nos calcanhares para ajudá-los a manter a forma.

Coloque pequenos eletrônicos num estojo de óculos

É difícil manter-se organizado quando se está em movimento. Uma boa ideia é manter os pequenos componentes eletrônicos e cabos em um estojo de óculos duro para evitar emaranhados de fios e evitar que eles se quebrem.

Você também pode usar o estojo de óculos para outros itens pequenos como joias, baterias ou qualquer outro item pequeno que possa se perder em sua bagagem.

O compartimento de óculos de sol é ótimo para armazenar pen drives, USB ou cartões de memória.

Não exagere nos artigos de higiene

Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente tem muitos artigos de higiene pessoal em seu banheiro.

Mas quando se trata de fazer as malas para uma viagem, isso é um problema.

Embalar muitos artigos de higiene pessoal ocupará toneladas de espaço valioso em sua mala e pode até mesmo fazer com que você seja selecionado para uma busca extra de segurança no aeroporto.

O importante é contar com frascos ou embalagens menores do que aqueles que usamos todos os dias. Isso irá permitir que você leve os produtos necessários em quantidades menores economizando espaço na mala e reduzindo o peso da sua bagagem.

Outra solução possível é comprar artigos de higiene pessoal no seu destino em vez de levá-los com você.

Se você estiver indo a algum lugar quente e úmido, você realmente não quer carregar protetor solar em sua bolsa. Basta comprá-lo quando chegar lá e deixá-lo para trás quando for voltar para casa.

Use seus sapatos mais pesados e itens mais volumosos no avião

É assim que funciona: Use seus itens mais volumosos no avião – sapatos de caminhada, casaco de inverno, o que for – e guarde a bagagem de itens pessoais no compartimento permitido. É possível que o seu grande casaco de inverno possa ser enfiado na mochila sem grandes problemas.

Você provavelmente terá alguns olhares estranhos na sua direção durante o embarque, mas uma vez a bordo e acomodado, você será um dos poucos passageiros que não será forçado a verificar suas malas ou lutar por espaço em um compartimento superior.

Leve um saco de lavanderia para manter as roupas sujas separadas das limpas

Muitas vezes, os hotéis têm um saco de roupa suja no armário para este fim, mas se não tiver, você mesmo pode sempre levar um.

Você também pode usá-lo para guardar seus sapatos para que eles não fiquem “zanzando” por toda a sua bagagem e potencialmente manchando as coisas.

Você pode até usar um saco de lavanderia para separar as roupas por dia ou por atividade para não ter que “cavar” através de sua mala procurando a roupa certa.

Pese sua mala antes de sair de casa

É uma boa ideia pesar a sua mala antes de sair de casa. Assim você saberá com antecedência se houver excesso de peso, para que você possa transferir alguns itens para uma mala de mão. Isso evita o pagamento de uma taxa de excesso de peso da bagagem.

Em caso de necessidade de despachar a sua bagagem, tenha em conta que a maioria das companhias aéreas agora cobra pelas malas despachadas, e muitas vezes é mais barato pagar adiantado.

Por outro lado, se você fizer uma mala leve o suficiente para evitar despachá-la, não terá que esperar na esteira de bagagem, e não terá que se preocupar com bagagem perdida ou itens roubados de sua mala à medida que ela passa pela segurança.

Concluindo

Fazer as malas pode ser estressante, especialmente se você estiver tentando se manter organizado durante esse processo.

A verdade é que se trata de uma arte que pode ser aperfeiçoada ao longo do tempo com um pouco de prática, persistência e paciência.

Esperamos que você aproveite ao máximo sua próxima viagem com nossas onze dicas profissionais para fazer as malas!

Comments are closed.
Abrir chat
1
Podemos ajudar?
Olá! Entre em contato conosco.